Licenciado em Psicologia Clínica pela Universidade de Coimbra e Membro da Ordem dos Psicólogos Portugueses (9044). Mestrado em Desenvolvimento Infantil e Doutoramento em Ciências Humanas pela Universidade de Brunel, Londres.

Com extensa experiência na investigação em ciências humanas e prática clínica em Portugal e Inglaterra (Tavistock Clinic e WLMHT), encaro a psicoterapia como um processo em que duas pessoas (terapeuta e cliente) se juntam para perceber a condição de uma. A minha abordagem é psicodinâmica, sistémica e fortemente influenciada pela noção de life cycle.


Psicodinâmica


Para nos focarmos em comportamentos que a pessoa gostaria de reduzir ou eliminar da sua vida, é importante uma compreensão global da pessoa assente na sua história de vida, aspirações e vida interior. A relação com o terapeuta pode ser um espelho para muitos aspetos da relação da pessoa consigo mesmo e com os outros e é importante pensá-la lado a lado com a vida do paciente para além do consultório.

Sistémica


Para além da vida interior de cada um de nós, vivemos num mundo de relações sociais, familiares, de trabalho, culturais e políticas. Por vezes é importante trazer outras pessoas da vida do cliente para o consultório (e.g. ambos os membros de um casal, pais e filhos vistos simultaneamente, etc). Tudo depende dos objectivos que são traçados entre cliente e terapeuta no início de uma intervenção, ou seja, o que se pretende desta intervenção e a que sinais estar atento para saber que se está a conseguir a mudança pretendida.

Life-Cycle


Tal como cada caso é um caso, cada etapa do ciclo de vida tem as seus desafios específicos. Não existe um único modelo de psicoterapia que serve os desafios de cada etapa nem uma única forma de viver cada fase do ciclo de vida. O terapeuta responde às questões colocadas em cada fase do life cycle adaptando as técnicas e as abordagens. A terapia aumenta a consciencialização de escolhas que fazemos em cada etapa de vida, desviando-nos das repetições excessivas que dificultam o crescimento e impedem a transição para as fases seguintes.

Terapia em Inglês


A minha experiência clínica conseguida em Inglaterra bem como a extensa educação e história de vida que tive neste país permite-me oferecer serviços de psicologia e psicoterapia em Inglês. Com um doutoramento em ciências humanas na área da diversidade cultural, procuro sempre enquadrar o background sociocultural do cliente no trabalho terapêutico. A migração como uma experiência de crise e crescimento é um dos temas que surge frequentemente em trabalho com clientes não-nacionais e ao qual é dado particular atenção.